quinta-feira, Setembro 18, 2014

... A sério?


.. Terei sido eu a única alminha a achar que isto é feio? Que esta obra da Joana Vasconcelos não favorece nem a Fafá nem o piano e muito menos o napron coitado que se viu obrigado a embrulhar a cantora e a tapar o instrumento para não se encher de pó, naquela 'lança-se um napron para cima do pessoal e é arte!' Foi um desabafo!

... Rainha animada!



... Adoro este sentido de humor. Acho que não falta ao respeito, acho até que humaniza a casa real e que mostra que a Letizia de Espanha é transversal. Gostem ou não dela, aqui está! Fresca, magra e elegante. Ainda que não seja a rainha mais elegante do mundo nem aquele que tem mais pinta nem um maior capital mediático no mundo, não se lhe pode retirar esforço e dedicação. Esta ideia de se transformar em Simpson pela mão do artista italiano Alexsandro Palombo não lhe é exclusiva que já aconteceu o mesmo à Kate e até à Rainha de Inglaterra. Acho graça, porque gosto que se desconstrua uma imagem e feitas as contas esta nova família deve dar-lhe menos arrelias virtuais que a sua casa Real.


quarta-feira, Setembro 17, 2014

... É sempre bom saber!

... É um deslumbre, pai!


... Segunda feira começaram as aulas. A minha Leonor está crescida entrou no quinto ano. Lá foi ela toda contente com a mochila nova da Adidas , 'é um deslumbre, pai!' Depois conto e mostro as aventuras deste dia. 

terça-feira, Setembro 16, 2014

... Um par de estalos na cara!

... Existem ideias que vão muito além de idiotas e rasteiras e é difícil encontrar pior que esta: a marca de roupa  Urban Outfitters lançou uma sweatshirt, que simula manchas de sangue de estudantes mortos na universidade de Kent. Não consigo imaginar uma estupidez maior para dar que falar fazer-se lucrar com uma tragédia. Eu sou pouco de hipocrisias e muito menos falso moralista, mas isto  de se fabricar uma sweatshirt com as falsas manchas de sangue que evocam o dia 4 de Maio de 1970 onde quatro estudantes foram mortos e nove ficaram feridas quando a Guarda Nacional do Exército abriu fogo contra manifestantes anti-Guerra do Vietname é um atentado a qualquer bom senso. A camisola que foi posta à venda no começo desta semana, foi  retirada das lojas. Acho pouco!... O idiota deveria pagar caro esta nojenta ideia. 

segunda-feira, Setembro 15, 2014

... As que me surpreenderam na noite da moda!


... Sei que a moda é democracia acho bem que a Diana Chaves tenha ido ao VFNH numa mistura de estilos.
Não amo, mas não detesto porque se enquadra no tema
.... O que mais gosto aqui são os óculos e a cor dos sapatos.
O que mais detesto? Este gesto à David Carreira feito com os dedos!
... Rara aparição pública de Fátima Lopes que acertou em tudo.
O blazer é maravilhoso e dá-lhe o toque de moda que muitas vezes lhe falta!
... Fernanda foi das mais elegantes.
Mudou de visual e surpreendeu num vestido clássico com gola destacada e botas altas.
... Adoro as calças da Iva Lamarão. O resto é mais do mesmo!
... Se não foi a mais gira da noite, foi das mais giras e de certeza a mais original.
Adorei o visual da Joana Ribeiro. Talvez questione os sapatos.. mas é um detalhe!
... Não é comum a Rita Ferro Rodrigues ligar a estas coisas da moda e das tendências mas aqui acertou em cheio.
 Gosto da combinação perfeita da t-shirt com a saia de cabedal e até aos sapatos e à carteira pendurada aqui acho graça.
... Amo a bom amar o este vestido da Teresa Tavares. 
... Deixou de boca aberta muita gente este look escolhido por Vicky Fernandes.
Camisa larga, calças descontraídas, ténis nos pés... muito masculino, surpreendente e revela uma Vicky que pouco conheciam. Claro que sem a carteira que te o pendurada do braço, seria outra coisa ;)

domingo, Setembro 14, 2014

... O que vês, quando olhas para cima?



... O que é que tu vês quando olhas para cima? Eu vejo o céu. E o céu não tem limite. Eu não quero ter esse limite. Mas sou obrigado a olhar para baixo, em frente melhor dizendo, para não tirar os pés do chão de tanto olhar para cima. Lá em cima - ou em frente - consigo ver que quero ser melhor, que quero ter mais, que quero descobrir. O olhar, que anda de um lado para o outro, tenta o equilíbrio, o mesmo equilíbrio que procuro encontrar em cada passo que dou. Muitas vezes dou passos enormes que são consequência de muitos recuos que temos que fazer, tantas outras vezes dou trambolhões maiores que prédios. Hoje, ao olhar para cima dei comigo a pedir ao céu que me mantenha os pés no chão e o olhar em frente,  que me ampare todas as quedas para que não me doam tanto, que me ofereça descoberta sempre e não me roube o brilho na capacidade de querer crescer, mesmo que para isso tenha muitas e várias vezes que olhar para baixo. Fingir que não vejo.

sábado, Setembro 13, 2014

... Homenagem!

... A arrumar coisas aqui por casa, a organizar arquivos e memórias dei de caras com esta fotografia. Não foi propositado, mas parecia uma homenagem a um dos grandes. Yves Saint Laurent, o homem à frente do seu tempo no que toca à estética. Incompreendido, cheio de segredos, cheio de lutas internas. Entre mim e o criador de moda, cujo filme roda no cinema e revela um mundo longe do glamour que lhe conhecíamos, unem-nos algumas coisas. O gosto pelo sexo e pela fotografia. são duas delas. Não são más coisas em comum!

... Ele a olhar para a lente!
... Eu a olhar para o céu!


sexta-feira, Setembro 12, 2014

... Afecto generoso!


... Sou uma pessoa generosa comigo, com os outros, a vida tem sido também comigo se eu e ela fizermos as contas. Adormeci aqui sem reclamar sequer do barulho imenso que me estão a fazer ao ouvido por conta da obra que acontece na casa do lado. Adormeci com a generosidade da luz, deixei-a entrar só cerrei os olhos pela claridade. Deixei a janela generosamente aberta e o corpo generosamente deitado na cama. A minha cama é toda branca, gosto de lençóis brancos, do cheiro a lavado e do frio que sinto quando entro nela. Adormeci de forma generosa nem me lembro das horas, mas lembro-me de ouvir ao longe o insistente barulho do toque da campainha, o bater da porta do prédio, o barulho do aspirador de alguém, da entrada e saída do carteiro, do barulho das escadas de madeira e dos passos que nela entoam. Fui generoso. Não reclamei! Quando abri os olhos percebi que a cama estava feita. Não a desfiz, não me deitei dentro dela... era de tarde. Há anos que não adormecia à tarde, há tempos que não misturava o dia com a noite, há anos que não era generoso com a minha vontade. Apenas a de deixar o corpo adormecido em cima da cama, generoso comigo. 

... As melhores e a ... péssima!

..... Este vestido com este corte fazem seguramente a Diana Bouça-Nova mais velhaAs sandálias são péssimas!
... Não sei se não senti falta de ver algumas curvas neste vestido da Débora Monteiro!
... Gosto da Fernanda Velez, mas não sei se será da foto se da escolha do fato,
 existiriam outros que lhe ficariam melhor.
Ainda que se tente não resultam aqueles mini calções disfarçados com umas calças de renda.
... Perfeita a Jani Gabriel.
... A mais mal vestida na festa de abertura da renoada H&M.
Todas as peças são bonitas, mas a Maria Guedes fez um esforço enorme para que nada resultasse com nada.
As botas então... é o que dá querer ser diferente de vez em quando. A ela tiram-lhe a imagem de 'beta' e a coisa resvala!
... Adoro as calças do Ruben Rua. Mas está vestido para ir ali, como podia ir.. a outro lado qualquer!
... Apanhava o cabelo e o vestido poderia resultar se a Mariana Monteiro fosse mais alta.
Assim o corte fá-la dez cm mais baixa!
... Pode ser giro mas o cabelo comprido aqui quase que corre o risco de se confundir com o tamanho das pernas da Juliana.  Podia estar perfeita, só tinha que esconder a tentativa de madeixas californianas.
.. Uau!! Bravo Joana Freitas! 
... Um bonito vestido que não resulta na fotografias
Apesar de lindo, o vestido torna-se pesado para a Raquel pesado... e não sei se a culpa não é dos sapatos!